A história e evolução do ERP

A história e evolução do ERP

Dezembro de 2000, estava cursando o 4º período de engenharia e à procura de um estágio, quando me deparo com um anúncio no jornal (daquelas páginas de papel, sic…) para atuar com sistema ERP. Tentei descobrir o que era (não era fácil como hoje que é só dar um Google), liguei para várias pessoas, mas ninguém do meu círculo de amizade sabia o que era e olha que tinha gente de T.I. Mas fui lá, me candidatei e acabei entrando para fazer estágio na Datasul Minas Gerais. Não foi fácil assimilar o que é o ERP, mas quero, aqui, deixar um pouco dos conhecimentos adquiridos ao longo desses 20 anos. Vou escrever uma série de artigos a respeito, mas o primeiro não poderia deixar de tentar explicar o que é essa sopinha de letrinhas: E.R.P.

A sigla ERP vêm do inglês Enterprise Resource Planning e pode ser traduzida como sistema de gestão integrado ou sistemas de planejamento dos recursos empresariais. Mas eles não surgiram assim, tiveram sua evolução originada a partir dos sistemas de planejamento de necessidades materiais ou MRP (Materials Requirements Planning) originários da década de 1970. Os cálculos automatizados possibilitados pelo uso de computadores permitiram que listas de materiais fossem gerenciadas em conjunto com os dados de estoque para um planejamento fabril.

Em 1981, Oliver Wight publicou o livro Manufacturing Resources Planning, MRP II, possibilitando um significativo aumento da abrangência do modelo. Além de incorporar a possibilidade de uma análise para estabelecer uma relação direta entre o programa mestre de produção e a carga dos centros produtivos, e também a possibilidade dinâmica de ajustes na programação da produção, houve a inclusão de outros recursos para a produção, como os recursos humanos e orçamentários.

A evolução dos sistemas MRP II se deu com o desenvolvimento e incorporação de novas funcionalidades como a possibilidade de cálculos mais complexos e a utilização de informações de outros sistemas. Neste ponto, quando integração passou a ser uma palavra-chave, houve um novo salto tecnológico e uma nova denominação para os sistemas que não somente gerenciam os recursos de manufatura, mas sim os recursos empresariais. A partir dessas evoluções, chegaram-se as primeiras versões dos sistemas ERP que incorporavam funcionalidades de finanças, contabilidade, custos, vendas, logística de entrada e saída, recursos humanos, antes gerenciados por sistemas isolados.

A sigla ERP foi cunhada pelo Gartner Group com a intenção de definir esses sistemas integrados como uma evolução dos sistemas MRP II. A nomenclatura ERP ganhou muita força na década de 90, entre outras razões pela disseminação da arquitetura cliente/servidor, o que já está mudando com os avanços da computação em nuvem . As evoluções desses sistemas são contínuas e cada vez mais novas funcionalidades são incorporadas aumentando a sua abrangência de atuação dentro das organizações.

A figura a seguir apresenta de forma esquemática a abrangência e os períodos de surgimento desses sistemas.

Evolução do sistema ERP e representação esquemática da abrangência

Há uma vasta literatura sobre sistema ERP e inúmeras definições. Para tanto será adotada a seguinte definição compilada a partir da literatura: ERP é um sistema que facilita o fluxo de informação de todas as funções de uma organização (principalmente funções operacionais, administrativas e transacionais). Visa automação dos procedimentos, fornecendo integração e mobilidade para toda a empresa. Possui um banco de dados único que interage com o conjunto integrado de aplicações e é dividido em módulos, o que permite maior flexibilidade no seu uso e implantação. Em geral, é comprado de um único fornecedor e abrange um o conjunto de diferentes portes e naturezas de organizações independente da sua área de atuação no mercado.

Nos próximos artigos vou escrever um pouco sobre a Caracterização do mercado; Ciclo de vida, Fatores Críticos de Sucesso e Benefícios de uso do ERP. Com essa breve introdução espero ter esclarecido um pouco sobre esses sistemas que estão espalhados em boa parte das empresas.

Nós da ConTI Consultoria somos especializados nos principais ERP`s da Totvs: Datasul, Protheus e RM, precisando de algo a respeito, entre em contato conosco.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Close Panel