Gestão de projetos de ERP, funciona ou é um sonho, na prática?

Gestão de projetos de ERP, funciona ou é um sonho, na prática?

Bate o sino e o cara da área comercial grita: “mais um projeto de implantação de ERP[1] fechado”. Na sala ao lado, que é do pessoal de Serviços, ficam os “balõezinhos”: tranquilo…, esse vai ser moleza. Será? Ou, putz esse vai ser pedreira. Será mesmo?

A cada novo projeto, que pode ser grande, como: uma implantação do zero ou pode ser pequeno, como: a implantação de um novo módulo (em geral ERP são modulares). Anos e anos de experiência, inúmeros projetos entregues do Totvs Datasul e nunca um se repetiu.

Enfim, a gama de projetos relacionados com ERP é enorme e ainda existem outros inúmeros fatores que podem alterar o perfil de um projeto, tais como:

  • o perfil do cliente;
  • o módulos e/ou funcionalidades contratadas;
  • maturidade da gestão da empresa;
  • participação dos stakeholders (aqueles que deveriam estar envolvidos com o projeto);
  • o prazo para entrega;
  • conhecimento do segmento de atuação;
  • especificidades da empresa;
  • a equipe de projeto…

Imagina se cruzarmos todas essas variáveis? Então, mais ou menos assim, estaríamos diante das possibilidades de projetos relacionado com os ERPs. Sendo assim, então qual a melhor forma de conduzir um projeto de ERP? Me arrisco a cravar uma resposta assertiva em uma única palavra:

DEPENDE.

Depende de diversos fatores e o uso de uma metodologia pode ser um grande fator diferencial de sucesso na gestão de um projeto de ERP.

Gerenciamento de projeto tradicional ou ágil?

Assim, como existem diversos tipos de projetos, existem diversas metodologias de gestão de projetos de ERP, que podem estar alinhadas com as metodologias tradicionais, como PMBOK e PRICE2 ou alinhadas com as metodologias ágeis como SCRUM e PROJECT MODEL CANVAS.

Tanto o gerenciamento de projeto tradicional quanto o gerenciamento de projeto ágil têm suas vantagens. Não é uma questão de ser bom ou ruim, mas sim na forma de como será aplicado cada um dos métodos. De uma maneira geral, o gerenciamento de projeto tradicional foi e é bastante utilizado, mas cada vez mais se fala “pensar ágil”. Então trabalhar de forma hibrida pode ser uma boa alternativa.

Fonte: www.apexensino.com.br

Conforme a 29ª Pesquisa Anual do Uso de TI, de 2016, elaborada pelo professor Fernando S. Meirelles o mercado nacional de ERP é dominado pela brasileira Totvs, com 35% do mercado, seguindo de perto pela alemã SAP, com 31% e, já um pouco mais distante, na 3º posição, a americana Oracle, com 15% do mercado. (talvez usar o gráfico)

Sendo que a metodologias desses três principais players (Totvs, SAP e Oracle) estão baseados no PMBOK® Guide (Guide to the Project Management Body of Knowledge), mas com variações para o uso de metodologias Ágeis.

O conhecimento em gerenciamento de projetos é muito difundido e requisitado pelas empresas aos profissionais. O conhecimento das técnicas e melhores práticas existentes, aliadas à ferramenta e uma metodologia de implantação elaborada para atender as características dos projetos da empresa trazem maior possibilidade de garantia de melhor qualidade no gerenciamento dos projetos. O uso de metodologia consiste na reunião das técnicas de planejamento, organização e coordenação, estruturada de acordo com a experiência da equipe em implantação de sistemas ERP e sempre visando atingir os resultados esperados na implementação dos projetos nos clientes.

Diversos são os “frameworks” disponíveis e para cobrir todas as etapas de um projeto de implantação de ERP vou adotar o modelo a seguir, a final, eu participei da elaboração do mesmo e já o utilizei inúmeras vezes em projetos do Totvs Datasul. (talvez usar a imagem ) 

Então, ERP funciona ou não?

Conforme afirmei, anteriormente, não quero dar uma receita de bolo para a condução da gestão de um projeto de ERP, a final DEPENDE de uma série de fatores, mas apenas sinalizar que o uso de uma metodologia poderá ajudar, em muito, a conduzir de maneira mais satisfatória o projeto, a fim de atingir os objetivos inicialmente traçados.

Muitas são as variações de um projeto relacionado aos sistemas ERP, entretanto, o uso de uma metodologia consistente pode ser um fator de extrema importância para a condução do projeto rumo ao seu sucesso. Entretanto é necessário a perspicácia para que a metodologia empregada seja aderente a realidade do projeto e do cliente. E além disso, o sucesso não é só dos gerentes de projetos, ou da consultoria ou do cliente, mas sim da equipe toda envolvida e engajada na construção do caminho que levará ao sucesso do projeto.

Então voltando a pergunta inicial: Gestão de projetos de ERP, funciona ou é um sonho, na prática? Respondendo diretamente ou “respondendo na lata”, FUNCIONA, mas através da combinação de diversos fatores e a metodologia de gestão é o alicerce dessa construção.

Para concluir, gostaria de citar uma frase de um jogador de beisebol americano, Woody Williams: “Não importa quão excelente seja a equipe e quão eficiente seja sua metodologia, se você não estiver resolvendo o problema correto, o projeto falhará”.


[1] Sistema de Gestão Integrado

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Close Panel